Malanje - Os activistas Jesse Lourenço e Arismendes Mendonça estão entre os mais de 15 outros detidos este sábado à tarde, 28, no largo Rainha Njinga Mbande, na cidade de Malanje.

Fonte: VOA

Os manifestantes que pretendiam reivindicar contra o deficiente fornecimento e falta de energia eléctrica e água potável na província, foram presos quando se começavam a concentrar no local.

 

Os manifestantes deveriam partir desse local num percurso sugerido pelas autoridades locais.

 

Segundo uma fonte da Polícia Nacional contactada pela VOA, os subscritores e outros apoiantes foram levados para uma unidade policial por incumprimento das medidas de biossegurança contra à Covid-19 e desrespeito do acordo assinado com a Polícia Nacional no último encontro entre as duas partes

 

A fonte disse que “os activistas vão pagar uma multa”, mas não confirmou em que esquadra policial estão retidos e quando serão soltos.

 

Uma outra manifestação do género teve lugar no município de Cangandala, a 28 quilómetros a sul da cidade de Malanje, sem quaisquer incidentes e com asseguramento de efectivos da Polícia Nacional.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: