Luanda - Angola vai criar um passe regular e um passe social para grupos específicos, como pessoas desfavorecidas ou com deficiência e estudantes, tendo aprovado esta segunda-feira a criação de uma Entidade Gestora do Sistema Nacional de Bilhética Integrada.

Fonte: Lusa

O passe social destina-se a populações mais desfavorecidas e grupos sociais específicos, como estudantes, veteranos da pátria e pessoas portadoras de deficiência, segundo um comunicado a que a Lusa teve acesso.

 

A Comissão Económica do Conselho de Ministros de Angola aprovou também um memorando sobre a implementação do sistema de bilhética, mecanismo integrado a ser usado no transporte público, que consiste no pagamento do valor das passagens de forma eletrónica, utilizando dispositivos como cartões inteligentes para facilitar a gestão técnica e financeira.

 

“O Sistema Integrado de Bilhética vai permitir a introdução de títulos de transportes, assegurando um maior controlo das receitas para os operadores, bem como maior rigor na atribuição de subsídios por parte do Estado”, refere o mesmo documento.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: