Luanda - A África do Sul vai realizar eleições para o governo local a 1 de novembro, anunciou hoje a ministra da Governação Cooperativa e Assuntos Tradicionais sul-africana.

Fonte: Lusa

"Após consulta com o IEC [Comissão Eleitoral Independente, na sigla inglesa], determinamos que as eleições do Governo Local deste ano serão realizadas em 1 de novembro de 2021", disse em conferência de imprensa Nkosazana Dlamini Zuma.

 

"Iremos proclamar oficialmente esta data no dia 20 de setembro de 2021, após o fim de semana do recenseamento eleitoral", adiantou.

 

O recenseamento eleitoral irá decorrer nos dias 18 e 19 de setembro, referiu a ministra sul-africana.

 

Na sexta-feira, o Tribunal Constitucional da África do Sul indeferiu o pedido da Comissão Eleitoral Independente (IEC, na sigla em inglês) para o adiamento das eleições devido à pandemia da covid-19 no país, indicando que o ato eleitoral deveria realizar-se entre 27 de outubro e 1 de novembro.

 

A comissão eleitoral sul-africana solicitou o adiamento das eleições locais após a proclamação, em 3 de agosto, da data de 27 de outubro de 2021 pelo Governo do Congresso Nacional Africano (ANC, na sigla em inglês), o partido no poder, para a realização das eleições locais.

 

O prazo para indicação de candidatos a um novo mandato de cinco anos, também foi prorrogado.

 

Nesse sentido, o Aliança Democrática (DA, na sigla em inglês), principal partido na oposição na África do Sul, solicitou o Tribunal Constitucional a "bloquear" a reabertura do processo de nomeação de candidatos nestas eleições locais, afirmando que a alteração do calendário eleitoral beneficiará o ANC por não ter registado atempadamente os seus candidatos.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: