Luanda — Já está em liberdade o activista politico e militante da UNITA, Luther Silva Campos, mais conhecido por Luther King.

*Coque Mukuta
Fonte: VOA

O activista disse à VOA ter ser sido solto com Termo de Identidade e Residência e que deve fazer-se presente às instalações do Serviço de Investigação Criminal (SIC) mensalmente.

 

Luther King foi detido no inicio da tarde de quinta-feira, 16, na rua, no município de Viana, em Luanda.

 

O também militante da UNITA, que esteve nas celas do SIC-Luanda durante cinco dias, disse que em muitas ocasiões elementos desconhecidos foram à cadeia persuadi-lo a abandonar a vida de activista.

 

“O que é que ganhas com essa vida, onde é que queres chegar? Qual é o seu rendimento”, foram algumas das perguntas feitas por indivíduos que ele diz ligados ao aparelho do Estado.

 

Ainda segundo Luther King, consta da acusação crimes como tentativa de romper a barreira policial e de incendiar uma unidade de fiscalização na comunidade de congoleses em Luanda.

 

No memento da prisão não lhe foi apresentado qualquer mandato de detenção e incialmente foi acusado de ter morto um cidadão.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: