Luanda - O Presidente do Fórum Angolano dos Docentes Universitários (FADU), Daniel Pereira, afirmou, ontem, em Luanda, que a Polícia Nacional de Angola, deve encarar o cidadão, como um parceiro estratégico, no combate ao crime e outros actos que colocam em causa a tranquilidade e a segurança do cidadão.

Fonte: PNA

Daniel Pereira falou durante um encontro com os docentes universitários, estudantes, membros da sociedade civil e a Polícia Nacional, ocorrido no Auditório das Irmãs Paulinas, onde foi abordado o tema: Os desafios da Polícia Nacional VS Segurança Pública, apresentado pelo Subcomissário - Morais Kifica, Director-Adjunto da Doutrina e Ensino Policial, da Polícia Nacional de Angola, em representação do Comandante-Geral da Polícia Nacional de Angola.


Durante o discurso de abertura, o Presidente do Fórum Angolano dos Docentes Universitários, disse que para a segurança pública e sobretudo, o combate à criminalidade, é necessário que a população e a Polícia sejam um denominador. "Um país seguro é um país de paz".


Já o orador, Subcomissário - Morais Kifica exortou, aos docentes universitários, no sentido de levarem a mensagem de sensibilização, para as aulas, bem como de enquadrá-las também em matérias relacionadas com a segurança pública, onde todos devem exercer o direito e o dever da cidadania. "Somos todos chamados a contribuir para segurança pública".


Morais Kifica considerou ainda a formação dos Agentes da Polícia Nacional relacionados com a protecção das fronteiras, terrestre e marítima, o combate a criminalidade organizada, a identificação dos agentes do crime, os marginais, o atendimento ao público nas unidades, a garantia da segurança das altas entidades, juntamente com os da investigação de ilícitos penais, como os grandes desafios da segurança pública.


De salientar que esteve presente no encontro, o Comissário - António José Bernardo e o Director Nacional de Inteligência Policial.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: