Lisboa - Esta de volta ao telejornal da TPA, Fernanda Manuel, uma jornalista cujo profissionalismo é apreciado em sectores do braço feminino do MPLA. Não obstante a intrigas  que a deixaram de fora, a sua ausência deveu-se a problemas de saúde que a levaram a estar no Brasil em tratamento. Na altura, o então Ministro Manuel Rabelais se recusara  prestar apoio para o envio da profissional ao estrangeiro tendo uma corrente do MPLA (Por via da OMA), reprovado a atitude do antigo governante.

Fonte: Club-k.net


O Telejornal da TPA esta com um novo “looking”. Ganhou mais uma  apresentadora, a carismatica,  Analtina Dias, tendo entrado na seqüência de um pedido feito a nova  Ministra  a margem de um encontro com as profissionais no passado dia 8 de Março. A entrada de Analtina Dias foi aplaudida, em sectores do MPLA, que entendem  contrapor o monopólio  de uma outra apresentadora , Ana Lemos  cujo atributos são desapreciados em meios feminino do partido no poder.


A TPA  e a RNA estão a merecer atenção especial do partido no poder. A Ministra é constantemente aconselhada a se  manter  prudente nas  suas decisões no sentido de não ficar afectada com vestígios da gestão anterior.  Por outro lado há receios que venha a ser subvertida por correntes  sabotadoras  cujas constatações são:


- Permitiu que a direcção da  TPA deixada por Manuel Rabelais decidisse  metodologias para  uma  reunião interna (Houve boicote na reunião tendo os elementos convocados apenas os seus aliados inclusive  os que se encontravam de férias)


-  Continua a trabalhar com  a direcção de Rabelais até no Ministério (Única alteração foi a indicação de uma chefe de gabinete saída da OMA)

- Hélder Barber,   propos a Ministra Carolina Cerqueira um projecto para continuar na chefia da TPA tendo alegado que o antigo Ministro Manuel Rabelais  não lhe deu oportunidade para trabalhar.

-  Na sexta feira,  dia 19 houve encontro em alusão ao dia do pai e o grupo conotado a antiga direcção  na TPA terá sido selectivo  ao convocar os colegas (Muitos queixaram-se não terem sido avisados)


Estão previstas para breve, nomeações de novas direcções nas empresas da comunicação social. As mudanças mais faladas  serão os alegados  afastamento de Ana Lemos e  Gonçalves Nhanjica, numa das sub - direcções da televisão.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: