Luanda – A Autoridade Nacional de Inspecção e Segurança Alimentar (ANIESA) repudiou na segunda-feira, 29, em Luanda, o comportamento negativo de alguns cidadãos consumidores que divulgam, nas redes sociais, vídeos que espelham a produção de alguns bens de primeira necessidade em lugares impróprios, alegando ser em Angola.

Fonte: Club-k.net

Segundo o comunicado da ANIESA, enviado à redacção do Club-K, a maior parte dessas denúncias são eivadas de inverdades e, muitas das vezes, “faz com que a instituição aloque recursos materiais e humanos na descoberta da verdade, deixando desta forma de cumprir com o verdadeiro papel de que foi criado”.

De acordo com o documento, a ANIESA incentiva a cultura da denúncia com base na verdade e sempre que possível, a que possibilite fornecer informações detalhadas sobre os factos para actuar em conformidade com as leis.

Leia o comunicado na íntegra:

Tendo-se observado recentemente a circulação de um vídeo nas redes sociais mostrando um suposto engarrafamento de água de mesa em local impróprio e em condições inadequadas para o consumo humano, numa pequena unidade fabril, a Autoridade Nacional de Inspecção e Segurança Alimentar (ANIESA) torna público, o seguinte:

1. Tal conteúdo veiculado não corresponde com a verdade, pois trata-se de um vídeo manipulado para aparentar um cenário verídico.

2. O referido material editado remonta ao ano de 2019; tendo, à época, as autoridades inspectivas existentes desencadeado uma investigação à referida denúncia cujos resultados comprovaram tratar-se de uma falsa informação com conteúdo forjado e disseminado nas redes sociais com objectivos inconfessos.

3. Outrossim, a ANIESA agradece os cidadãos pelo apoio na partilha de informações, pois assim, dentro das responsabilidades que se reservam poder sempre interagir para a efectiva constatação da verdade dos factos e aclarar a sociedade.

4. A ANIESA incentiva a cultura da denúncia com base na verdade e sempre que possível, a que possibilite fornecer informações detalhadas sobre os factos.

5. A ANIESA condena toda denúncia eivada de inverdades, que maior parte das vezes, faz com a mesma aloque recursos materiais e humanos na descoberta da verdade, deixando desta forma de cumprir com o verdadeiro papel de que foi criado.

6. Por fim, a ANIESA, órgão sob superintendência do Ministério da Indústria e Comércio, é uma instituição comprometida com as suas atribuições, reafirmando a sua forte determinação em continuar a implementar todas as medidas de protecção aos consumidores, garantindo uma melhor saúde pública alimentar e de leal concorrência.

“Perspicácia, Legalidade, Estabilidade na Prossecução do Interesse Público com base na Economia e Segurança Alimentar”

DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO, INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E APOIO A DIRECÇÃO, em Luanda, aos 29 de Novembro 2021

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: