Luanda - Mfuca Muzemba, coordenador do projecto político ESPERANÇA, encerrou no passado , dia 25 de Novembro, uma jornada de trabalho de dois dias na província Zaire, cujo objectivo foi a de constatar o processo de implantação do ESPERANÇA naquela província, bem como reforçar os apoios necessários para o crescimento rápido da sua estrutura, tendo em atenção a conclusão rápida do processo para sua legalização e as eleições gerais que se avizinha.

* Jorge Dias
Fonte: Club-k.net

Durante a sua estadia, Mfuca Muzemba cumpriu uma agenda que incluiu visitas a Rádio Nacional e Televisão Pública, no Mbanza Congo, como também teve encontros com o Arcebispo da diocese de Mbanza Congo e o representante máximo da igreja Kimbanguista daquela parcela a norte do país. No encontro com o Bispo, abordaram as razões que levaram o surgimento do ESPERANÇA e os desafio da nova geração política para o futuro do país, onde também o Bispo aconselhou o maior unidade e coesão dos membros do ESPERANÇA em torno dos seus propósitos.


O reverendo da Igreja Kimbanguista elogiou o gesto do jovem político de visitar e conhecer aquela igreja, em que também o convidou para conhecer a Sede mundial Kimbanguista (nova Jerusalém), no Congo Democrático. Prosseguindo para o segundo dia da sua agenda Muzemba, teve uma encontro com os Rei (autoridade máxima tradicional) de Mbanza Congo, no Museu dos Reis do reino do Congo, onde conheceu mais a sua história, cultura e tradições da ancestralidade do Reino do Congo.


O encontro que foi demorado e repleto dos membros do Clã do Reino, Mfuca Muzemba apresentou o quadro os objectivos do ESPERANÇA e o seu desejo de governar Angola, para melhor servir os angolanos tendo em conta que o país precisa de uma nova geração de políticos e governantes, com patriotismo, amor e comprometimento com o país. Depois da conversa a delegação foi visitar a campa dos Reis, o Kulumbimbi, o busto do embaixador no Vaticano o Negrita e o túmulo da mamã Polo.


Por último, numa palestra bem concorrida pelos jovens, com o tema, os desafios dos jovens no processo de desenvolvimento do país, Mfuca Muzemba encorajou maior participação dos jovens na vida pública e política do país, bem como apelou os jovens aproveitarem as potencialidades da província para criarem iniciativas empreendedoras e empresárias.


Em despedida da província Muzemba que falava a imprensa, acreditou que o ESPERANÇA vai concorrer nas eleições de 2021, vai competir e conquistar porque é a novidade, a promessa e a escolha.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: