Lisboa - Fernando Garcia Miala tem sido visto a manifestar sinais de gratidão as instituições  religiosas que intercederam, a seu favor,  ao tempo em que  esteve encarcerado na cadeia de Viana.  A 17 de Janeiro, Fernando Miala, na companhia da esposa e do filho,   compareceu pela primeira vez, após a sua soltura, na missa dominical da  Igreja  de Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo-Tokoista, onde foi apresentado como filho da casa.

 

Fonte: Club-k.net

 Miala  agradece Igrejas que intercederam pela sua libertação

Na ocasião da recepção e despedida de irmãos, o Bispo Dom Afonso Nunes concedeu  tempo a Miala, para uso da palavra, tendo este dito: “Amados e queridos irmãos, quero em primeiro lugar agradecer a Jeovah Deus que ouviu as vossas orações, ao Líder Espiritual e aos irmãos que intercederam por mim em oração durante os meses que permaneci sob tutela da justiça. Devo aqui realçar o espírito de solidariedade que a Igreja prestou-me sob orientação do Líder Espiritual Sua Eminência Bispo Dom Afonso Nunes, personificação do Profeta Simão Gonçalves Toko. Resta-me dizer que o passado é passado. Estou aqui para dizer que não tenho rancor, nem ódio, nem guardo ressentimentos por tudo o que aconteceu. Devemos sim olhar para frente e olhar para o futuro, Muito obrigado”.

 

No decurso da homilia, Dom Afonso Nunes agradeceu a presença de todos e apresentou  Miala, esposa e filho à congregação nos seguintes termos “"O vosso irmão Fernando Garcia Miala nasceu na Igreja, sua mãe é servidora do Tabernáculo. Ele recebeu o sinal da Igreja que preserva na sua testa. Partilhou os bons momentos com a Igreja que lhe viu a nascer até a idade adolescente e depois desligou- se dela. Hoje está de volta na sua Igreja.

 

Para o bispo Tokoista “Gestos desta natureza, devem estender-se a todos filhos da Igreja, que por várias razões têm-se distanciado da casa de Deus, onde o Pai Criador está de braços abertos para os receber. A hora é essa de todos voltar ao rebanho, regressar à casa. A hora é da mudança do comportamento. É preciso que os filhos de Deus, este ano, se afastem do mal. Cristo venceu. Mesmo na hora mais difícil não deixou de interceder pelos Seus Discípulos.”

 

“ Se aos ímpios Deus não deseja a morte, é porque Deus não quer que o ímpio permaneça na impiedade, antes porém, que toda a gente se converta e se salve, seja presidente, ministro, deputado, governador, político e toda a gente! Quanto mais você que tem o Seu sinal na testa? Quando te reconcilias com Deus, tens logo a proteção de Cristo, tal como ele havia dito aos seus Discípulos". Rematou o Líder Espiritual.

 

Gesto idêntico foi testemunhado quando este general na reserva  saiu da cadeia de Viana. Miala, de acordo com o AM, assistiu  a 25 de Outubro à missa dominical na Igreja Católica de Viana. Enquanto permaneceu na prisão, Fernando Miala foi por várias  vezes visitado pelo Bispo de Viana, Dom Joaquim Ferreira Lopes. A sua comparência na missa  foi vista também como um gesto de reconhecimento decorrente da conduta do prelado.


O general Garcia Miala denota ter optado por uma  rotina restrita. É raro ve-lo   em local publico,  uma atitude  ao qual é vista como estando em recuperação psicológica.  Em finais do ano passado passou algum tempo na sua fazenda no interior do país. Apos a sua saída da cadeia visitou  quatro  diferentes  clinicas no estrangeiro  entre as quais nos Estados Unidos da America a fim de submeter a exames que lhe eram requisitados.


De recordar que Fernando Miala esteve preso na  seqüência de uma suposta insubordinação militar que resultou no seu compulsivo afastamento das lides do poder no país. A pena de prisão aplicada pelo Supremo Tribunal Militar foi indultada  pelo Presidente da Republica através do decreto 45/09.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: