Luanda - Por via dos seus advogados, o major Pedro Lussaty, moveu esta semana uma queixa crime contra a Televisão Publica de Angola (TPA), pelos crimes de difamação, abuso de imprensa e violação de segredo de justiça.

Fonte: Club-k.net

A defesa do major segundo documentos divulgados pelo site “Laboratório Sacatindi”, alega que imagens exibidas sobre uma “luxuosa Penta House”, no condomínio PALMS RESIDENCE, atribuídas a Pedro Lussati, não correspondem a verdade pelo consideram ser uma “mera fantasia de reportagem”.

 

Os advogados rejeitam que uma outra residência no Morro Bento, Distrito da Samba, atribuída a Pedro Lussati também não pertencem ao major.

 

Pedro Lussati e um grupo de funcionário da Unidade da Guarda Presidencial foram constituídos arguidos por fazerem parte de uma rede que se apoderava de fundos públicos, destinados aos soldados.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: