Luanda - O Bispo Alberto Segunda, líder da Igreja Universal do Reino de Deus em Angola, considerou fundamental o processo de registo eleitoral em curso no país, para que os angolanos tenham o direito de voto nas eleições gerais de Agosto de 2022.

Fonte: Club-K.net

Alberto Segunda, que lidera a “ala Brasileira” no conflito que envolve há mais de dois anos a Igreja Universal do Reino de Deus, disse que “todo aquele que se sente angolano deve actualizar o seu registo, por ser um dever de cidadania”.

 

“Você que filho desta pátria tem de aderir a este processo, por ser a única via para exercer o direito de voto para a escolha de quem vai governar o país, nos próximos cinco anos”, encorajou.

 

Para o bispo que afirmou já ter actualizado os seus dados junto de um dos Balcões Únicos de Atendimento ao Público (BUAP), em Luanda, por serem cidadãos angolanos, todos os fiéis da Igreja Universal do Reino de Deus devem aderir em massa aos postos.

 

“Vai fazer a actualização no seu registo próximo da sua casa, para que no mês de Agosto todos nós possamos escolher os futuros governantes”, sublinhou.

 

O líder espiritual da Igreja Universal do Reino de Deus em Angola (IURD) fala aos jornalistas à margem do seminário de capacitação de mais de duzentos pastores, que decorre no município de Talatona, em Luanda.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: