Lisboa – O Presidente da República, João Manuel Gonçalves Lourenço, desloca-se na próxima quinta-feira (24), a capital  Kinshasa para participar na 10.a Cimeira dos Chefes de Estado e de Governo dos países signatários do Acordo-Quadro para a Paz, Segurança e Cooperação (PSC) na República Democrática do Congo e na Região.

Fonte: Club-k.net

Angola tem aconselhado a necessidade de assegurar a paz regional

Nesta cimeira reunião antecedida por uma reunião dos chefes da diplomacia, a República de Angola participará na sua dupla condição de país signatário do Acordo-Quadro e Presidente em exercício da CIRGL.

 

Nesta qualidade, Angola tomará assento na tribuna oficial do evento, com o Presidente anfitrião, Félix Antoine Tshisekedi Tshilombo, o Secretário-Geral das Nações Unidas, António Guterres, o Presidente da Comissão da União Africana e o Presidente em exercício da SADC.

 

Angola tem aconselhado a necessidade de assegurar a paz e a resolução dos conflitos na Região dos Grandes Lagos, através de aceleração da efectiva implementação do Pacto e dos Protocolos Regionais para uma maior Democracia e Segurança e facilitar a cooperação e o desenvolvimento tão desejado.

 

O Acordo-Quadro para a Paz, Segurança e Cooperação na RDC e na Região foi assinado no dia 24 de Fevereiro de 2013, em Addis Abeba, República Democrática Federal da Etiópia, sendo constituído por 13 países, nomeadamente, Angola, Burundi, Quénia, República Centro-Africana, Congo, República Democrática do Congo, Ruanda, África Sul, Sudão, Sudão do Sul, Tanzânia, Uganda e Zâmbia.

 

Este acordo foi assinado também pela ONU, União Africana, SADC, CIRGL, União Europeia, a Bélgica, EUA, França e Reino Unido.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: