Lisboa – O Presidente da República, João Manuel Gonçalves Lourenço, promove nos próximos dias um designado “jantar da paz” , mas desde vez convidando o líder do maior partido da oposição, Adalberto Costa Júnior de quem estava desavindo.

Fonte: Club-k.net

JANTAR DA PAZ DESTA VEZ COM TODOS

No ano passado, o Presidente João Lourenço realizou o primeiro “almoço da paz” no palácio presidencial, convidando alguns nacionalistas porém, excluindo o “numero um” do partido que em Abril de 2002, subscreveu com o governo, o memorando para a paz para em Angola. Por outro lado, convidou Isaías Samakuva, José Samuel Chiwale , Miraldina Olga Jamba, da UNITA, mas estes declinaram o convite em solidariedade ao Presidente do partido, Adalberto Costa Júnior e ao antigo coordenador da comissão de gestão dos “maninhos”, Lukamba Paulo “Gato” que foram excluídos.


Desta vez, Adalberto Jr far-se-á representar por uma entidade do partido, uma vez que recebeu antes um outro convite para participar como observador às eleições legislativas na Hungria, que acontecem neste domingo (3).


O convite para o “almoço da paz” e outras iniciativas de reaproximação promovidas esta semana pelo João Lourenço, são vistas como termo do clima de hostilização contra Adalberto Costa Júnior.


De acordo com apurações, as novas ações de Lourenço terão sido encorajada pelos bons ofícios das autoridades nortes americanas que defendiam dialogo entre os dois dirigentes políticos para descomprimir o clima tenso pré-eleitoral que se registava em Angola.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: