Lisboa – A nível da diáspora, as autoridades angolanas escolheram o território russo para celebrar os seus 20 anos de paz e de reconciliação nacional.

Fonte: Club-k.net

De acordo com apurações, o assunto esta a merecer atenção critica, de sectores acadêmicos em Luanda, por considerarem que a Rússia está numa situação de guerra agredindo um país vizinho (Ucrânia), e a Angola por seu turno, a escolhe para ir celebrar o seu aniversario de paz.

 

Segundo um analista angolano, ouvido pelo Club-K, na condição, “de Angola esperava neutralidade e não escolher o território de um de um dos lados do conflito, para festejar a sua paz, o que representa uma postura contraproducente”.

 

De acordo com o programa das festividades realizada pela embaixada de Angola, no centro cultural Ibero Americano de  Moscovo, o evento será marcado com a doação de livros de escritores nacionais, exposição de ate, e apresentação da sinfonia angolana Kapossoca.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: