Lisboa – A República de Angola terá batido o maior recorde a nível mundial de apreensão de notas de dólares falsos até aqui registrado. Trata-se da quantia de 50 milhões de dólares falsificados que no passado dia 22 de Abril, foram anunciados pelo Serviço de Investigação Criminal alegando terem sido produzidos numa gráfica em Luanda, com o propósito de introduzi-las no mercado, de forma fraudulenta.

Fonte: Club-k.net

De acordo com registros, até então o maior valor já apreendido no mundo foi registrado em 2006, em Portugal que eram 7,5 milhões de dólares falsificados. Tratou-se se uma operação da Polícia Judiciaria que encontrou uma fabrica de dólares falsos em território português, sete homens, e maquinas de impressão.

 

Desde então os valores aprendidos em vários países tem rondando em quantidades inferiores. Em Outubro de 2010, a Polícia Judiciária de Portugal apreendeu no Porto três milhões e meio de notas falsas de 100 dólares, que provavelmente se destinariam a Angola e Moçambique.

 

Há sete meses a Polícia Nacional de Angola, flagrou dois homens, no Lubango, em posse de dois milhões e 500 mil dólares falsos. Dois meses antes, o mesmo SIC havia anunciado a apreensão de 5 milhões de dólares falsificados que estavam prestes a ser espalhados em Angola.

 

Respeitante ao recorde de “50 milhões de dólares” falsos apreendidos por Angola, alguns populares manifestam duvidas se as notas são realmente falsificadas pelo que têm desafiado as autoridades a fazerem a queima da mesma em praça pública, para provar a história. Outros especialistas, segundo levantamento do Club-K, tem desafiado, o regime de Luanda, a apresentar o patrocinador dos “dólares falsos” como também a indicar a gráfica que teve a capacidade imprimir as referidas quantidades.

 

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: