Lisboa - Fernando Eduardo Manuel, antigo diretor adjunto do SINSE para a área operativa e mais tarde administrador municipal de Viana, revela-se com dificuldades em andar desprotegido desde que deixou de exercer funções de responsabilidades no aparelho do Estado. Segundo apurou o Club-K, o antigo numero dois da secreta tem sido visto a andar ladeado de 6 guarda costas.

Fonte: Club-k.net

General na reforma, Fernando Eduardo Manuel foi na década de 90, vice-ministro do interior para a segurança de Estado. É um quadro oriundo do extinto MINSE, moldado ao estilo da antiga escola comunista. Foi já,  na   altura, ao serviço do SINSE, que os funcionários identificavam nele particularidades descontextualizadas a um mundo mais aberto. Pelos corredores e gabinetes da instituição não se movimentava sem os seus guarda-costas.

 

Desde que largou o cargo em 2019, mantém ladeado com os seus guardas pessoais. Presentemente, cuida dos seus negócios privados, sendo o mesmo, o Presidente do Conselho de Administração de duas empresas de segurança privada, ligado aos seus interesses empresariais: A “Angolans Petroleum Services” e da “AP-Service- Luia”.


A “AP-Service- Luia” é uma empresa criada por Fernando Eduardo Manuel aos 27 de Dezembro de 2007, na qual o mesmo detém 10% e outra parte pertencente a “Angolans Petroleum Services”, empresa por si fundada.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: