Lisboa – As autoridades angolanas enviaram recentemente um reforço monetário a Barcelona, a fim de acudir com as despesas pontuais do antigo Presidente da República, José Eduardo dos Santos, que se encontra nesta cidade espanhola em tratamento médico.

Fonte: Club-k.net

Senhorio ameaçou cortar a luz por falta de pagamento

O reforço serviu para o cobrimento de despesas como guardas, renda da residência e de água/luz que desde algum tempo corriam ameaças de cortes. A nível de antigos homens de sua confiança, há sentimentos de indignação pela forma que o reforço chegou como se JES fosse doação para um antigo combatente atirado a sorte. Segundo apurou o Club-K, o referido reforço (50 mil euros) foi levado em mãos por um guarda-costas.

 

Os amigos de JES entendem que as ajudas institucionais ao antigo Chefe de Estado deveriam ser de forma mais organizada e regular, como por exemplo, através de transferência bancaria para uma conta da equipa com características de “serviços de apoio”.

 

A primeira vez que JES se mudou a Barcelona quando deixou o poder, as autoridades haviam lhe colocado 400 mil dólares a disposição, igualmente levados em mão. Depois de algum tempo, registrou-se atrasos nos dinheiros pelo que até a presente data, os custos hospitalares tem sido cobertos pela filha mais, Isabel dos Santos.

 

 

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: