Lisboa – O alarido recente criado por uma das filhas do antigo Presidente José Eduardo dos Santos nas redes sociais, terá sido em função de alegadas ocorrências estranhas que foram acontecendo entre Luanda e Barcelona, que culminaram com a agravamento  do estado de saúde do líder emérito do regime. 

Fonte: Club-k.net

Filha  anuncia que “JES está refém”

Segundo apurou o Club-K, tudo terá começado em Setembro de 2021, quando convencido por um sobrinho Edson dos Santos de Sousa, o antigo Chefe de Estado  foi levado a Luanda a pretexto de participar no pedido de noivado de um dos filhos, Joes Gourgel dos Santos. A viagem que era programada para 20 dias, foi alargada para cinco meses contra a vontade do próprio  JES. Alega-se  que  ficou impedido de regressar a Barcelona por alegado atraso da documentação  de viagem do seu staff de apoio  que “não saiam”.

 

Em Luanda, e com a suas consultas em falta, JES foi perdendo peso resultando no agravamento do seu estado de saúde, chegando a ser transportado numa cadeira de rodas para clinica girassol, onde fora atendido, dias antes de regressar a Barcelona.

 

Num áudio virilarizado recentemente  nas redes sociais, a filha Tchizé dos Santos, faria uma revelação gravíssima. “Querem matar José Eduardo Dos Santos, Já tentaram em Angola, Porque não é normal que quando está com um dos filhos mais velhos presentes, ele está bem. Faz caminhadas, Depois sem nos avisarem inventam viagens para JES” denunciou.

 

Em finais de Abril, os filhos de JES que com ele privam  em Barcelona, teriam se ausentado da residência oficial nesta cidade. Segundo informações, quando os mesmos chegaram encontraram a residência tomada com novos inquilinos despachados de Luanda. Era a esposa Ana Paula dos Santos, os filhos mais novos e seus respetivos conjugues.

 

Separada há mais de 5 anos de José Eduardo dos Santos, a antiga primeira Ana Paula dos Santos terá viajado a pedido das autoridades angolanas para ajudar a cuidar do “velho”, em Barcelona. As filhas mais velhas por alegadamente não terem sido informadas, terão feito outra leitura como indica o conteúdo do áudio de Tchizé dos Santos que levanta suspeitas.

 

“Vieram para Espanha acabar o que não conseguiram fazer quando o levaram para Angola”, lamentou a filha e antiga deputada do MPLA, reagindo a uma “fake News”, espalhada no inicio desta semana que anunciava o estado de saúde do antigo chefe de Estado.

 

Tchizé acusa o chefe da secreta angolana de os terem afastados para acabarem com a vida do seu pai “Afastaram os filhos mais velhos dos cuidados do meu pai, meteram a Ana Paula lá na casa de paraquedas. Uma pessoa que JES não via há 4 anos quase 6”, frisou

 

“Se o meu pai morrer foi ela, provavelmente em conluio com malta do regime com quem ela se dá bem, porque o chefe da segurança está metido” acusou revelando por outro lado que o seu pai, terá ficado sem assistência dos médicos espanhóis por orientações alheias aos filhos que com ele vivem.

 

“Semana passada pedimos aos médicos espanhóis que acompanham o meu pai para ir fazer um balanço se tinha melhorado ou piorado”, denunciou Tchizé dos Santos num dos seus áudios acrescentando que “desde que Ana Paula lá chegou há 15 dias”, o antigo líder angolano não é assistido pelo profissional de saúde. “Estranho pois a segurança ligou aos médicos e disse que não podiam ir à residência e cancelaram a ida dos médicos. Disseram que os chamarão na semana que vem”.

 

“Eu mudei os meus filhos para Espanha há 2 anos, Isabel dos Santos é quem está dada pelos médicos como Next of Keen, Pessoa de família a reportar pelos médicos”.

 

Para terminar, a filha de José Eduardo Dos Santos anuncia que “JES está refém! Está metida a segurança Ana Paula e os seus filhos”.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: