Lisboa – O general Francisco Higino Lopes Carneiro, foi convidado para ser o padrinho de um casamento realizado na sexta-feira (24) pela familia Lourenço, cuja noiva é uma das filhas de Edith Sacramento Lourenço Catraio, irmã do Presidente da República.

Fonte: Club-k.net

A presença do general, que no passado foi muito ligado a familia Dos Santos, reforçou opiniões que o tomam como uma das raras entidades que na governação de João Lourenço conseguiu a inversão dos processos criminais contra sua pessoa resultando na sua reabilitação política, acrescentada a uma aproximação ao Clã Lourenço. As equipas do DIP do MPLA nas redes sociais cessaram de mover contra si a campanha que insinuava Higino Carneiro estaria comungado com a UNITA. Em Luanda, diz-se que conhece segredos das irregularidades eleitorais do pleito de 2017.

 

A sua reabilitação começou a ser assinalada em meados de 2021, quando alegadamente em troca do levantamento da sua interdição de saída e de outras acusações de descaminhos de fundos públicos usados na campanha eleitoral do MPLA, predispôs se a viajar para Portugal e convencer uma irmã de JES, Marta dos Santos Narciso, a persuadir o irmão a recebe-lo na residência em Barcelona, e logo a seguir, ambos persuadirem o “velho” a ir a Luanda, em busca de entendimento para os problemas judiciais dos filhos.

 

No dia 25 de Julho de 2021, as autoridades anunciaram que Higino Carneiro estava livre de apresentar-se periodicamente às autoridades judiciais, interdição de saída do país e do Termo de Identidade e Residência. Terá viajado neste período a Barcelona e no dia 14 de Setembro, JES viajou a Luanda numa aeronave privada acompanhado de um filho de Marta dos Santos, Edson Santos Sousa.

 

Enquanto JES esteve em Luanda, Higino Carneiro não atendeu um chamamento do mesmo que queria abordar com questões relacionadas a uma fazenda localizada na província do Kuanza-Sul, a quem o antigo Chefe de Estado, decidiu passou há poucos meses a gestão, a Maria Luísa Abrantes “Milucha”, sua nova advogada e mãe de dois dos seus filhos.

 

Pelas redes sociais, Higino Carneiro, agora feito com a familia Lourenço, demarcou-se do emérito Presidente do MPLA, negando que alguma vez tivesse gerido seus bens, admitindo por outro lado que, o que fez foi apenas terá dado conselhos para que “a Fazenda Belo Horizonte tivesse maior organização e optimização na produtividade”.

 

“Infelizmente nunca geri nada que fosse do nosso querido Emérito Presidente do MPLA Eng José Eduardo dos Santos. Se assim tivesse acontecido , de certeza , muito embora não me sinta na condição de empresário, pois, nunca na minha vida tenha gerido empresa alguma, provavelmente teria dado conselhos para que a Fazenda Belo Horizonte de Calulo tivesse maior organização e optimização na produtividade”, lê-se na mensagem escrita pelo mesmo na sua pagina do facebook, nesta segunda-feira (27), e que o Club-K teve acesso.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: