Lisboa – O Procurador-geral da República, Hélder Pitta Grós, foi despachado nesta quinta-feira (7) a cidade de Barcelona. A deslocação é interpretada como iniciativa das autoridades angolanas com vista a negociar o possível  regresso a Angola das filhas de Eduardo dos Santos, que se encontram “exiladas” na Europa.

Fonte: Club-k.net

Simultaneamente, o Presidente João Lourenço, garantiu hoje, em Luanda, que o Governo vai organizar as exéquias fúnebres do ex-chefe de Estado José Eduardo dos Santos, para as quais conta com a presença de todos, incluindo a família "que está lá fora".


"Se tivermos em conta as atuais circunstâncias não vemos por que razão a família que está lá fora não [possa] acompanhar o seu ente querido, estamos a contar com a presença de todos sem exceção de ninguém", disse João Lourenço, à saída de uma reunião de emergência do MPLA, partido do qual José Eduardo dos Santos foi presidente emérito.


"Nenhuma autoridade do país tem competência para impedir que um cidadão angolano que esteja a viver no exterior possa regressar ao seu próprio país, não importa em que circunstância", salientou o chefe do executivo angolano.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: