Lisboa – A primeira-dama Ana Dias Lourenço, não compareceu, na cerimónia de homenagem ao antigo Presidente da República José Eduardo dos Santos, que o governo organizou na Praça da República, adjacente ao Memorial António Agostinho Neto. A versão que corre em Luanda, é de que a mesma “não participa em velórios  sem corpo”.

Fonte: Club-k.net

Regime apela povo a ir ao velório para irritar filhas de JES

Na cerimônia que teve lugar na segunda-feira (11), esteve o Presidente da República, João Lourenço, em que foi secundado por altas figuras do Estado. No ultimo velório em que Ana Dias apareceu ao lado do esposo, foi em Fevereiro a quando do antigo ministro Gilberto Lutukuta.

 

Entretanto, enquanto emissários do Presidente negoceiam em Barcelona com as filhas de José Eduardo dos Santos (JES), para entrega do corpo do pai, as autoridades prosseguem, em Luanda, com o velório na qual convidaram varias entidades diplomáticas para prestarem homenagem.

 

Há poucos dias, uma das filhas de JES, Tchizé dos Santos lançou uma mensagem nas redes sociais apelando as pessoas a não participarem em velórios que não tenham sido autorizados pela familia do malogrado. Numa acção

 

Em reação, o ministro da comunicação social e porta-voz da comissão das exéquias, notificou alguns ministérios para mobilização dos funcionários para fazem-se acompanhar com coroas de flores, para o local de homenagem ao antigo Presidente.

 

A sugestão do governante Manuel Homem, é de que cada departamento ministerial dispense no mínimo 25 funcionários, garantido que o acesso ao local não carece credencial. Como resultado, o noticiário da TPA, desta quarta-feira, destacou que a praça da republica registra a maior enchente desde o inicio das cerimônias fúnebres.

 

De acordo com pareceres a estratégia das autoridades, procurar encher o velório, é destinada a mostrar que a cerimônia organizada sem as filhas de JES, teve o “apoio do povo”. Noutros meios, as autoridades tem difundido mensagens dando a entender que o corpo do malogrado chega a Luanda no próximo final de semana, a fim de atrair mais aderência.


MENSAGEM DO PORTA-VOZ DA COMISSÃO DAS EXÉQUIAS

Boa tarde, Distintos Ministros. Incumbe-me Sua Excelência MEAS e Coordenadora da Comissão das Exéquias de Sua Excelência Ex Presidente da República, JES de informar que os Departamentos Ministeriais devem organizar momentos de homenagem para o Velório com seus trabalhadores na Praça da República, contígua ao MAUSOLÉU.

Assim, para o Sector Social está reservado o dia 13.07, (amanhã) período da tarde a partir das 13h00. No dia 14.07 ao longo de todo o dia o sector produtivo, incluindo o Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos.

Notas:

1. Todos os sectores devem fazer-se acompanhar com coroas de flores.

2. Esta informação é de carácter oficiosa, devendo evitar-se convocatórias escritas para este processo.

3. O número mínimo orientado é de 25 funcionários por cada Departamento Ministerial.

4. O acesso não carece de credenciamento.

Agradeço a confirmação da recepção desta mensagem.

 

Cordiais Saudações.
Manuel Homem



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: