Luanda - Todos os meses a dívida do clube Desportivo 1.o de Agosto sobe a olhos vistos. Agora já está em 6 mil milhões de Kwanzas. Centenas de famílias estão entregues a sua sorte ha quase um ano sem salários! A torneia fechou por suposta má gestão da Direcção. Mas até agora nem só uma prova de desvios, o que é intrigante. Em tudo isso, é mais perturbador ainda o mutismo da mesa da assembleia-geral do clube.

Fonte: Club-k.net

O órgão dirigido pelo chefe de Estado-Maior General da FAA, Egídio de Sousa Santos “Disciplina”, não tuge e nem muge. Com competência para convocar uma assembleia-geral não o faz. Os dias passam, as competições (nacionais e internacionais) aproximam-se e nada de assembleia-geral. Seria aqui que os sócios dariam voz às suas preocupações e escrutinariam as contas com o rigor que se impõe, face à situação inédita que o clube vive. Ao que tudo indica e por causa dos timmings que devem ser obedecidos para a convocatória da AG, possivelmente o conclave deve acontecer depois das eleições gerais de 24 de Agosto próximo.


A inacção do presidente da MAG é tanto mais intrigante porque nada justifica tamanho descaso. É que, mesmo quando o país estava em guerra, o CEMG das FAA, que é por inerência de função o presidente da MAG, tinha sempre tempo para olhar para o clube e não deixava de cumprir com as suas obrigações, uma das quais convocar AGs.


Isto não está a acontecer. O modo como o general “Disciplina” vem arrastando os pés relativamente à convocatória da AG pode não ser inocente. Não é líquido que ele esteja envolvido, mas está em curso um “plano secreto” para empurrar o actual presidente borda fora do barco e facilitar a concretização de objectivos que nada têm a ver com o Desporto. O plano não visa apenas derrubar o presidente do clube.


É bem mais ambicioso. É reduzir o clube a quase nada. Os “apetites” insaciáveis de alguns generais estão a perigar a existência presente e futura do 1.o de Agosto. Nos próximos dias desvendaremos a trama por detrás da tentativa de acabar com o 1.o de Agosto ou transformá-lo num clubeco sem expressão. Atenção à jogada! Muita atenção mesmo.

(Dongala Ivo Lourenço )



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: