Canadá - Serei breve e directo. Nunca me registei na CNE. Como se diz na giria popular "nunca tratei nenhum cartão de eleitor em Angola. Surpreendetemente meu nome consta na lista localizada no Colegio Luz da Sabedoria na Sagrada Esperanca mesa 3 Assembleia de Voto nº 312 para votar no dia 24 de Agosto. Quem utilizará os meus dados se eu vivo em Toronto/Canada a mais de 20 anos?


Fonte : Wathsaap

Visite o link https://www.cne.ao/onde-votar
Para verificar os teus dados


Ponto prévio. Abandonei Angola início dos anos 90 e fui pela primeira vez em Angola em 2014. Neste ano renovei o meu bilhete e nunca tratei nenhum documento associado a Comissão Nacional eleitoral. A este respeito pergunto : Quem autorizou a CNE a disponibilizar os meus dados pessoais a eleitores fantasmas?


A CNE como órgão regulador das eleições deveria ser um órgão assente na ética para credibilizar os resultados das eleições.


Em resumo, público na íntegra - propositadamente - todos os documentos associados aos meus dados pessoais inseridos na base de dados da CNE sem a minha autorização com o propósito de se concretizar mais uma fraude nas próximas eleições gerais:


Acredito que após a publicação desta denuncia o meu ficheiro será desactivado. Poréem, sou de opiniao que todos os angolanos na diáspora e não so utentes de BI para consultar o link em anexo para confrontar as informações disponíveis na base de dados da CNE.


Visite o link : https://www.cne.ao/onde-votar para conferir se um fantasma esta a utilizar ilegalmente os teus dados.

 

 

 

 

 

 

 MSN.jpg - 73,84 kBReclamacao-1.jpg - 61,47 kB



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: