Huambo — A organização não governamental Friends of Angola, sediada nos Estados Unidos da América, que trabalha no país em matérias de direitos humanos, denunciou perseguição e ameaças graves contra a integridade física do seu dirigente.

Fonte: VOA

Segundo o director executivo, Florindo Chivucute, as mensagens telefónicas de ameaças e ataques tem sido frequentes acrescentando que outras organizações internacionais da mesma linha de actuação também não têm sido poupadas dos ataques, sob acusações de financiarem milícias para desacreditar o Estado e o dirigente do partido no poder.

 

Para Chivucute, cm estas acções Angola acaba de demonstrar não ser um país livre, pelo que teme pela sua vida, dos seus colega e parceiros.

 

O interlocutor diz não ter duvidas dos mentores destas acções, tendo apontado o dedo aos serviços de segurança do Estado e alguns dos dirigentes do MPLA.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: