Luanda - Como se expressa para o povo angolano contra os seus adversários políticos e como manipula o mesmo povo para quem diz governar , como usa e abusa da posição privilegiada em que está posicionado. Para atropelar , pisar e arrasar as leis instituídas no país , isso faz parte de um conjunto de comportamentos deste senhor que o torna um estúpido perfeito e completo.

Fonte: Club-k.net

Um tipo assim como ele que usa uma conversa estranha sempre que fala de quem não é seu apoiante com uma linguagem e gestos nada familiar.

 

Que não se enquadra de comportamento aceitável , se quisermos ser justos para com ele mesmo , não temos como não considerá-lo além de arrogante e buçal é um estúpido sim.


Tratou-o de estúpido sim , e vou tratá-lo sempre porque nada verdade nunca me provou que não o é .

Pois logo que foi indicado para a presidência de Angola em conversas com conceituados angolanos a quem eu tinha pedido na altura que me fizessem um desenho sobre o perfil desse homem .


Grande parte dos jornalistas com quem falei na altura o definiram como um calhau até Rafael Marques diante dos meus olhos , pois na altura se encontrava cá na Alemanha

E se ao calhau também se pode designar como merda seca no seu auge de podridão .


Então estava tudo dito e hoje mesmo quem já somou as palavras saídas da sua boca como eu , não tem como não defini- lo como um estúpido.

E por tudo que já ouvi com os meus próprios ouvidos sair da boca deste tristemente presidente de Angola sempre que se pronunciou contra os seus adversários políticos.


Em especial contra o Adalberto , contra a UNITA e contra a Frente Patriótica Unida , mesmo sem incluir ainda , quando relativizou a miséria e fome gritante com que os angolanos se debatem.

Não tenho mesmo como não associar este senhor ao grau mais elevado de um tipo estúpido .


E aos seus pronunciamentos se formos sensatos daremos justamente notas médias de estupidez de 8,5 de um a 10 , muito maior nota dada a outra ação qualquer.

Fórum Livre Opinião & Justiça

Fernando Vumby



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: