Paris - Ao chegar ao poder João Lourenço (JL) adotou uma estratégia política que só engana os menos atentos. Todos os governantes do MPLA que ocuparam cargos públicos desde a independência de Angola em 1975, são na sua esmagadora maioria gatunos, ou seja marimbondos, segundo o vocabulário inventado pelo próprio Presidente João Lourenço. Com efeito, JL para limpar a imagem do MPLA e para ser aceite pelos angolanos e não ser associado aos escândalos financeiros dos 38 anos de governação do Sr. José Eduardo dos Santos, decidiu considerar o sistema de José Eduardo dos Santos e algumas personalidades de marimbondos. E ele mesmo como sendo a pessoa que veio para arranjar, consertar o que o marimbondo José Eduardo dos Santos tinha estragado. E nesta estratégia, o JL peca por ter selecionado os seus bons marimbondos e deixado outros de lado como maus marimbondos.

Fonte: Club-k.net

Ora vejamos. O diretor de gabinete do JL, Edeltrudes da Costa, é um grande marimbondo que foi acusado publicamente. A sua corrupção foi feita com a cumplicidade do próprio Presidente JL. A TVI em Portugal apresentou a reportagem com as provas em 2021. Mas continua sendo seu diretor de gabinete. Manuel Vicente, Higino Carneiro, General Leopoldino ou seja Dino e tantos outros são todos personalidades que se enriqueceram roubando o Estado angolano. Mas para ele estes não são marimbondos. Os marimbondos são apenas, uma parte da família de José Eduardo dos Santos (JES). A outra parte da mesma família de José Eduardo dos Santos, e que também se enriqueceu com o roubo do Estado angolano, para JL não é marimbondo e até colabora com ela, nomeadamente na questão da transladação do corpo do JES. É o caso da Ana Paula dos Santos e seus filhos, da Sra. Marta dos Santos etc. Para João Lourenço (JL) estes não são marimbondos. E para terminar, o próprio João Lourenço, toda a sua vida apenas ocupou cargos públicos e partidários. Toda a fortuna que tem, com as casas que comprou no Brasil e nos Estados Unidos da América, onde encontrou este dinheiro? Porque com o salário de político, mesmo ocupando cargos durante 40 anos nunca se conseguirá ter dezenas ou centenas de milhões de dólares.

Concluindo, a estratégia de JL é de apresentar algumas personalidades como marimbondos e ele e outros como os corretores dos erros cometidos por estes marimbondos. Isto, embora sejam todos gatunos que delapidaram os cofres do Estado angolano. Crer que ele está a lutar contra a corrupção é um engano. A luta contra a corrupção seria: primeiramente todos eles declararem os bens que possedem, em seguida, pedir a todos eles de justificar como conseguiram aquelas dezenas e centenas de milhões de dólares. A medida de justificar a origem da fortuna deveria atingir, abranger toda a pessoa que tem milhões de dólares em Angola. Depois, quem não conseguisse justificar a origem honesta do dinheiro, devolvia 60% deste dinheiro ao Estado e ficava com 40% e que seria obrigado a investir na criação de emprego em Angola. Caso não criasse empregos em Angola, os 40% lhe seriam também confiscados a cabo de algum tempo que seria definido. Esta seria a verdadeira luta contra a corrupção. Mas o que o JL está a fazer é consolidar o seu poder ameaçando certas pessoas que roubaram o Estado angolano de serem processadas. E assim estas pessoas ficam com medo de tudo perder e deixam o JL governar em paz; e outros, como o Higino Carneiro, se tornaram até aliados dele nesta fase de eleições em que ele precisa de apoios dos antigos barões do regime corrupto da era eduardista. Enfim, se o João Lourenço trabalha com Higino Carneiro, Ana Paula dos Santos, Marta dos Santos, Edeltrudes da Costa, Manuel Vicente e tantos outros indivíduos que se tornaram milionários e outros bilionários roubando o Estado angolano, ele mesmo é quem então? Não é marimbondo também e aliado dos corruptos?

Conotar a UNITA e mormente o seu Presidente, Adalberto Costa Júnior (ACJ), como aliado dos marimbondos, é uma outra estratégia do JL consistente a atrair a simpatia de todas as camadas sociais que andam com o ódio dos marimbondos por terem roubado os cofres do Estado angolano e deixado o povo numa situação social catastrófica. Mas só cai nesta estratégia toda aquela pessoa que dissocia o próprio JL e seus colaboradores da lista dos marimbondos. Eles não devem ser dissociados dos marimbondos porque eles também roubaram o Estado angolano. Marimbondos são todas aquelas pessoas que ocuparam cargos públicos e roubaram o Estado angolano, tornando-se milionários e outros bilionários. E na sua esmagadora maioria são membros do MPLA. João Lourenço incluso !

Então, só será enganado pelo Presidente João Lourenço quem quiser ser enganado. Porque ele mesmo continua a trabalhar com marimbondos no Palácio presidencial da Cidade Alta. E ele mesmo participou da marimbondagem com o ex-presidente da República José Eduardo dos Santos.


*Wasolua Mayassi “Patriota Liberal”, Líder da associação política “Movimento para uma Angola Melhor” (MAM) & da Angola Anticonformista !

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: