Lisboa – De acordo com apurações, escoltas presidenciais e elementos dos serviços de inteligência que no passado dia 24 votaram na mesma assembleia de voto onde o Presidente João Lourenço votou, terão votado no maior partido da oposição (neste caso no numero tres do boletim de voto). A conclusão é apoiada nos resultados das actas da assembleia de voto onde o casal presidencial exerceu o seu direito de voto.

Fonte: Club-k.net

Lourenço votou na Assembleia de voto localizada na Universidade Lusíada de Luanda, ingombonta (Mesa:5, Pag:55, Linha: 544), próxima ao perímetro do palácio presidencial e do Serviço de Inteligência e segurança do Estado. Por normal, segundo explicações de fonte do Club-K, os elementos da segurança pessoal do Presidente da República, e da Primeira Dama, são orientados a votar no mesmo local que o Chefe de Estado.

 

Os mesmos votaram e no final do dia, para surpresa das pessoas, os votos nesta assembleia foram direcionados para a UNITA e o seu líder Adalberto Costa Júnior. Apesar de o voto ser livre, o acto está a ser objetos de leituras, é o que facto de que duas semanas antes do pleito, os oficiais da segurança presidencial receberam novas viaturas, mas no momento do voto, os mesmos votaram de forma contraria.

 

Um outro acto de sentido contrario, aconteceu nos principais condomínios do bairro Talatona, em Luanda, habitado por parte da elite do regime do MPLA. Os votos nestes condomínios, com realce ao Jardim das Rosas (Benfica) foram direcionados para os partidos da oposição, o que implica dizer que votaram membros do regime e respectivas famílias votaram contra o Presidente João Lourenço. Dados indicam que na província de Luanda, o MPLA, terá ganhado apenas no município de Kissama.

 

e arredores cujos os votos foram também direcionados para a UNITA. São nestes condomínios onde moram parte da elite angolana, o que implica dizer que muitos quadros do regime e sua respetivas famílias terão votado contra o Presidente João Lourenço.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: