Lisboa - O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, enviou, no passado dia 30 de agosto, uma carta ao homólogo angolano, João Lourenço, a felicitá-lo pela vitória nas últimas eleições gerais angolanas.

Fonte: Observador

Na carta, a que o Observador teve acesso, o chefe de Estado russo destaca que as relações russo-angolanas se baseiam nas “tradições antigas de amizade e respeito mútuo”. Vladimir Putin espera que, neste mandato de João Lourenço, se continue “a contribuir para o desenvolvimento da cooperação construtiva bilateral em várias áreas”.

 

“Isso, sem dúvida, responde aos interesses dos nossos povos”, prosseguiu o Presidente russo, referindo que as boas relações entre Moscovo e Luanda levam ao “reforço de segurança e estabilidade no continente africano”. Vladimir Putin desejou ainda que João Lourenço tenha sucesso, assim como “uma forte saúde e bem-estar”.

 

Não foi só o chefe de Estado russo que saudou a vitória de João Lourenço. Também Daniel Ortega, Presidente da Nicarágua, enviou uma carta a congratular o MPLA: “Com respeito, reconhecimento e imenso carinho, saudamos o Movimento Popular de Libertação de Angola e a todo o povo por esta nova vitória nas eleições de Angola”.

 

Daniel Ortega lembra que Angola e a Nicarágua estão “unidos, como povos do sul, por laços indeléveis de sacrifícios, heroísmos, lutas e vitórias de grandes povos que deixaram e continuam a deixar ensinamentos, aprendizagens e que são uma inspiração para os povos livres”.

 

O Presidente da Nicarágua deseja “muito sucesso” a João Lourenço naquilo que diz ser um “momento difícil” que a Humanidade enfrenta. “A luta continua e as vitórias são certas”, concluiu Daniel Ortega.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: