Luanda - O Governo anulou contrato de dois empreendimentos agrícolas pertencentes ao antigo Presidente da Assembleia Nacional, Fernando da Piedade Dias dos Santos ‘Nandó’.

Fonte: Valor Económico

Trata-se do complexo de silos de Catete e matadouro modular de Luanda que foram vendidos no âmbito do Programa de Privatizações (PROPRIV) à empresa Fazenda Pérola do Kikuxi.


De acordo com um despacho presidencial, a resolução dos contratos de alienação foi feita por “incumprimento definitivo dos pagamentos” por parte da Fazenda Pérola do Kikuxi que tem a filha de ‘Nandó’, Elizabeth Dias dos Santos, como principal gestora.


Os dois empreendimentos foram adquiridos em Abril de 2020, por 1,9 mil milhões de kwanzas.


Desde que o PROPRIV foi lançado, em 2019, foram concluídos processos relativos a 94 activos e empresas, cujo valor total dos contratos corresponde a 961 mil milhões de kwanzas.  Do valor total, Angola só recebeu metade, devido ao efeito dos pagamentos diferidos.

 

Tema relacionado

Litígio leva Lourenço e “Nandó” a perderem fazenda

 


 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: