Lisboa - O Presidente João Manuel Gonçalves Lourenço, chumbou no passado mês de Outubro, um dos nomes que a governadora provincial do Huambo Lotti Nolika, submeteu-lhe para nomeação para a pasta de Vice-governador para o sector político, social e econômico.

Fonte: Club-k.net

Lourenço chumbou o nome de Luís Sabino Manuel Sampaio “Luizinho”, mas, por outro lado, aceitou o de Elmano Inácio Herculano Francisco, que no dia 10 de Outubro, tomou posse como Vice-Governador da Província do Huambo, para os Serviços Técnicos e Infra-estruturas, no palácio da cidade alta, em Luanda.

 

Com a recusa do seu nome, a província do Huambo, é a única que esta neste momento sem Vice-governador para o sector político, social e econômico.

 

De acordo com pesquisas, “Luizinho” Sampaio é um quadro que já passou para altos cargos na província e notado como ligado a governadora.

 

A recusa do seu nome para a pasta de vice-governador, surgiu depois de haver alertas de que a governadora Lotti Nolika enviou dois nomes a Luanda, um dos quais o de “Luizinho” Sampaio, antigo Secretário Geral do governo no tempo de Antônio Paulo Cassoma, a data dos factos indiciado no crime de peculato. Sampaio foi depois recuperado pelo general Kundy Paihama que fez dele administrador municipal da Chicala Cholohanga. O mesmo viria a ser exonerado do cargo por Joana Lina, no seguimento de suspeitas de desvio de verbas para compra de geradores do município.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: