Luanda - A farmacêutica Moderna realizou um novo estudo sobre a eficácia da nova vacina de reforço. Concluiu que acaba por produzir mais anticorpos e consegue ser uma melhor defesa contra as variantes BA.4 e BA.5 da Covid-19.

Fonte: Lusa


A comparação da empresa foi feita em relação a outras vacinas de reforço que tinha produzido anteriormente. Desde setembro que o reforço da Moderna é dado com uma vacina atualizada.

Esta pesquisa foi realizada nos Estados Unidos onde as variantes BA.4 e BA.5 foram responsáveis por grande dos casos que ocorreram no país ao longo dos últimos meses, desde o início do verão e até outubro.

Segundo o The New York Times, foi ainda feito uma pesquisa preliminar sobre a variante BQ.1.1, que as autoridades afirmam que se tornará dominante em breve no país.

A Moderna revela que o reforço que tem neste momento disponível também é eficaz neste caso. Ainda assim, os testes com esta variante apenas foram feitos em 40 pessoas.

Também a Pfizer tinha anunciado resultados semelhantes em relação à sua vacina de reforço no início deste mês.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: