Com respeitosos cumprimentos


 
Excelência, nós somos uma equipa de alerta, daquilo que vemos, que ouvimos em prol do seu bem-estar em quanto líder neste Ministério da Comunicação Social.


 
Muitos estão esperançosos com a finalidade das suas visitas. Mais infelizmente, o que temos visto na TPA, em particular no  elenco que nos parece ser lideres a conduzir o destino deste grandioso barco que é a TPA, estão de patas ao ar, os funcionários já não sabem o que se passa. Quanto é que se fará sentir com as visitas da S.E. que futuro reserva para com a TPA. Estas e outras, tem sido grito diário na voz dos funcionários.


 
Outrossim, Excelência, muito dos Directores e outros responsáveis desta instituição, nunca, imaginaram em visitar os Centros Emissor de Viana e de Produção do Camama. Só tiveram ocasião de conhecerem de perto através desta visita efectuada por S.E hoje dia 12.04.2010. lamentamos …, o que a V. E, constatou especialmente a divisão de terreno da TPA no Luanda Sul entregue à Pessoas anónimas, sem qualquer explicação por parte dos muitos responsáveis (Directores e outros) deste Órgão, mesmo com tantos encontros já tidos com Senhora Ministra.
 


Essas e outras informações, suplicamos-te que haja tomada de decisões urgente (mudança total), para que os trabalhadores desta instituição ganhem confiança nas capacidades de S.E.    
 


Por outro lado, desde que a suposta Comissão de Gestão foi indicada, a situação de remuneração saiu do mal para o pior. Nunca mais os funcionários receberam seus salários atempadamente. De recordar que anteriormente, se emitia comunicados internos para moralizar os funcionários. 


 
Excelência, nós compreendemos que tens uma tarefa que não é fácil, uma vez que, a sindicância conduzida pelo Tribunal de Conta está a trabalhar no sentido. Mesmo com a sindicância, urge a necessidade de indicar com máxima urgência a pessoa que te servirá de porta-voz, e adiantamos ainda que, não caia na inércia dos que actualmente existem.
 
 
A consideração de V.E.
 
LDA, 12 DE ABRIL DE 2010.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: