Lisboa - Roberto de Almeida, Vice-Presidente do MPLA, vê-se impossibilitado de seguir viagem à Londres a fim de dar seguimento a consultsa médicas de rotina. O dirigente partidario que saiu recentemente de Luanda chegou até Lisboa onde se encontra “retido” aguardando a abertura do espaço aéreo europeu interditado por causa das nuvens negras provocadas por um vulcão na Islândia.


Fonte: Club-k.net

Depois de “Mbinda” segue-se o “Vice” do partido

Na mesma situação esteve também um alto funcionário do sector militar da presidencia, Brigadeiro “Manecas”, enviado pelo general “Kopelipa” para tomar parte de uma actividade internacional, na Alemanha, do interesse do Gabinete de Reconstrução Nacional (GNR). O oficial teria escalado Lisboa tendo enfrentado dificuldades em seguir para o programado destino.


De recordar que no fim de semana, o membro do BP do MPLA, Afonso Van-Dúnem “Mbinda” previa regressar à Luanda para assistir ao funeral de uma neta mas pelo mesmo motivo, o também Deputado permance retido na Inglaterra espetando pela normalização do tráfego aéreo neste continente.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: