Luanda - É consensual, para qualquer interessado, que no limite e no bojo das melhores práticas, até institucionais, que para o efeito, e para melhor preparo e arcaboiço, que por exemplo, se recorra, ao aconselhamento e prudência da opinião de um advogado; um douto conhecedor das leias e dos meandros da formalidade e das normas.

Fonte: Club-k.net

No ambiente diferenciado da Aviação Civil. Por mais estanque que seja, não suscitaria apreensão ou parecer ultrajante na ampla avaliação pública, que em determinado momento, seja aceitável se recorrer a opinião mais avalizada de um dito consultor, ainda que no caso seja Nacional, não poderá constituir de todo, um propósito contra natura. Assim numa consulta avulsa, sem me atrever a dizer ou sugerir nada de substantivo, diria que temos o acaso natural de (3) três destinos propícios, para os quais seria possível ter-se as designadas ligações, como Ponte aérea, na sequência de uma ligação de rotas através de transporte aéreo.


Uma ponte aérea em Angola, a saber:- Cabinda, Huambo e Catumbela (Benguela); seria um meio que vem ajudar, e que, por diversas razões ou porque é mesmo o melhor meio de transporte entre especificas rotas, e pode-se considerar também a ligação mais rápida entre estes pontos.


Num país tido de dimensões Continentais, precisa-se de uma Cifra no número de voos domésticos com demanda superior ao internacional, para se assistir ao incremento das ligações domésticas, e reduções nas tarifas aéreas domésticas comercializadas e no desempenho económico-financeiro; neste afã, atuando feito HUB, catapultando as estatísticas dos movimentos anuais.


A severidade na exploração, decorre do rigor no cálculo da estrutura de custos, numa lógica de contenção, e autonomia, sem prejuízo da segurança e do pleno conforto e satisfação dos passageiros e dos clientes na cadeia. Exactamente por permitir reduzida flexibilidade na tolerância de algumas rubricas, tal como acima ilustrado. Pois no cômputo geral há custos fixos. Por essa razão, um melhor desempenho com sustentabilidade exige brio, detalhe, inovação, bastante disciplina e criatividade.

 

O aporte e detalhes para se configurar a operacionalidade da exploração nesta visão, com ganhos e vantagens incomensuráveis, estaria ao virar da esquina, e como evidente, no raciocínio e voz competente de muitos outros peritos locais.