Lisboa - Um elemento identificado por  Carlos  cujo o antecedente do seu  trabalho (ligado a figuras do Consulado) faz com que,  a comunidade angolana na Cidade do Cabo, África do Sul, o associe ao aparelho de inteligência externa (SIE),  esta a mover influencia no sentido de  obter a copia do registro do   vídeo de uma palestra realizada naquela cidade e que teve como animador,  Filómeno Vieira Lopes, do Bloco Democrático.

 

Fonte: Club-k.net

Agente aconselha jovens a não se envolverem com a oposição

A palestra foi realizada no domingo (30) juntando cerca de 50 angolanos e visou falar sobre políticas migratórias e sobre a política angolana. No dia seguinte, o agente Carlos obteve o contacto dos jovens que gravaram o evento e telefonou solicitando uma copia.  Na mesma ocasião, Carlos  chamou a atenção dos  jovens para que  não centrarem-se em  partidos da oposição.


Episodio idêntico aconteceu a  dois anos atrás, semanas antes da realização das eleições em Angola. o “branch”  do SIE na África do Sul contactou a estação de televisão daquele país a fim de pedir copia do vídeo de um programa “África Focus”, em que teria participado o Vice-Presidente da UNITA, Ernesto Mulato. Mais tarde, quando a UNITA solicitou copia  do vídeo do programa para os seus arquivos, lhes foi transmitida  que um elemento da embaixada angolana havia solicitado a mesma sem ter devolvido.


De recordar que o  Consulado geral de Angola  na cidade do cabo acolhe duas figuras próximas ao Serviço de Inteligência externa (SIE), I Adriano e I Quingolo. O  primeiro,   presta  “especial” atenção as comunidades.  A cerca de 4 anos, o SIE investigou,  Pedro Seke,  dirigente de  uma associação local, o  CECA- Comunidade de Estudantes e Comunidade Angola, a qual os diplomatas angolanos  consideram “organização opositora”. Seke tinha o antecedente de mobilizar os estudantes para protestarem em frente do consulado exigindo realização de eleições presidencias  em Angola e melhorias da prestação da missão consular.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: