Luanda - O presidente do Kenya William Rutu, iniciou quinta-feira, 23, uma visita de estado aos Estados Unidos da América.

Fonte: Club-k.net

O primeiro líder africano a realizar uma visita de estado aos EUA foi o presidente Habib Bourguiba da Tunísia, em 1961, tendo sido recebido pelo presidente Kennedy e endereçado uma mensagem ao Congresso.

 

Desde sempre, apenas seis africanos realizaram visitas de estado aos EUA. William Ruto é o segundo presidente do Kenya a merecer tal honra, após Mwai Bibaki, em 2003. Rutu é o primeiro líder africano nos últimos 16 anos a realizar uma visita de estado aos Estados Unidos.

 

Uma visita de estado de um presidente a outro país envolve um protocolo diferenciado das visitas oficiais e de trabalho. Trata-se de uma ocasião de grande importância diplomática, que visa fortalecer as relações entre as nações envolvidas.

 

Durante a visita, o presidente anfitrião recebe o presidente visitante com todas as honras e cerimonias adequadas ao mais alto nível de representação do país visitante.

 

As visitas de estado geralmente incluem uma série de eventos formais, como recepções oficiais, banquetes de estado, encontros diplomáticos e assinaturas de acordos bilaterais. Além disso, é comum realizarem-se reuniões com líderes políticos e empresariais do país anfitrião, visando fortalecer laços econômicos, políticos e culturais entre as nações.

O objectivo principal de uma visita de estado é p de promover a cooperação e o entendimento mútuo entre os países envolvidos, além de proporcionar um ambiente propício para discutir questões de interesse comum e fortalecer parcerias estratégicas.

Essas visitas são cuidadosamente preparadas por via diplomática, para demonstrar o respeito mútuo e reforçar os laços históricos, culturais e políticos entre as nações, contribuindo para a construção de relações internacionais sólidas e duradouras.