Londres - Uma colaboradora  de Tchizé dos Santos identificada por Katia Carmo (Integrante da empresa Semba e da Revista CARAS)  é apontada   como tendo invocado numa reunião da Semba Comunicação  que os rumores acerca do corte do sinal da TPA Internacional associados a falta de pagamentos terá partido “de um tal  Club-K.”


Fonte: Club-k.net

 

Na realidade, o “tal” Club-K, nunca publicou algo relacionado a este assunto. Presume-se que Katia Carmo terá se baseado em algum comentário lido na internet   ou então terá sido uma maneira de a mesma pretender  ganhar brilho na entourage de Tchizé dos Santos “queimando” o portal em referencia.

 

O sinal da TPA-I esteve algum tempo fora do ar, em países como Portugal. Na altura, surgiram diversas interrogações acompanhadas com especulações. A mais visível foi a de que as autoridades angolanas (Acordo intermediado pela Semba) não teriam  pago a TV Cabo em Portugal que vela pela emissão do sinal da televisão angolana na Europa.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: