Luanda - O jogador da equipa principal de futebol do Santos FC, Zau Miguel encontra-se, desde ontem, detido numa das unidades policiais da divisão do município de Cazenga, em Luanda, por ter participado num crime de homicídio involuntário contra a sua namorada, que respondia pelo nome de Erica Alves.


Fonte: Club-k.net

O crime ora praticado é condenável, em Angola, e a pena vai de dois a oito anos de cadeia, previsto no artigo 358 do Código Penal.

O atleta levou a jovem vítima, de 21 anos de idade, na noite de segunda-feira, para fazer um aborto – mal sucedido –, num centro médico privado – que não oferece qualquer segurança  – localizado no bairro da Mabor, no município de Cazenga, para efectuar a corretagem, realizada por um enfermeiro, cujo nome não foi revelado e que, neste momento, encontra-se em fuga.


Em declaração a polícia – após uma surra daqueles – Zau Miguel, rapidamente, confessou ter levado a namorada, Erica, para fazer o aborto. E admitiu – ignorantemente – desconhecer as causas da morte.


Telefonicamente, o CLUB-K contactou o pai da vítima Albano da Costa Alves – como é óbvio – manifestou-se chocado com a morte da filha e, disse desconhecer o chamego com o referido atleta do Santos FC. “Ela nunca nos disse nada”, disse chocadamente o progenitor, apelando pela justiça. “Este assassino não pode sair impune”, recomendou a polícia.


Por sua vez, o proprietário do referido centro disse que “aqui nós não praticamos isso”. E  considerou atrevido o enfermeiro que efectuou a corretagem, tendo atribuído a responsabilidade do crime ao seu autor. “Nós não temos nada a ver com o facto. Cabe a polícia localizar o infractor”, advertiu.


Polícia alerta aos ‘trumungeiros’

Outrossim, o director provincial de Luanda da Policia de Investigação Criminal, inspector chefe António João, classificou a simulação de gestação praticada por algumas mulheres como um golpe, no sentido de se aproveitar de bens financeiros ou materiais do parceiro.


Em declarações à imprensa, o responsável disse que esta acção considerada de “golpe de barriga”, é feita a homens socialmente bem posicionados na sociedade angolana e, em muitos casos por chantagem.


"Com medo de estragar o primeiro lar, e não ser negativamente afectado, o homem chantageado é obrigado a largar alguns bens avultados em somas monetárias para se evitar o pior", explicou, não precisando o número exacto de casos de género chegados a direcção provincial de investigação criminal.


O que é Santos FC?

O Santos Futebol Clube é um dos projetos da Fundação Eduardo dos Santos (FESA). Constituído oficialmente em 17 de Setembro de 2002. É financiado pelo Presidente da República, José Eduardo dos Santos, e tem como presidente Ismael Diogo da Silva, sobrinho do mesmo.


Importa realçar que, o Santos FC, sob o comando de Mário Calado, joga neste final de semana com o 1º de Agosto, a partida enquadra-se numa das rondas do campeonato nacional vulgo, ‘Girabola’.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: