Lisboa  - O  casamento de Bento Kangamba com uma sobrinha de JES, Avelina dos Santos esta a ser  alvo de insinuações segundo as quais o enlance  pode ser usado   como um vetor para   facilitar o re-ecaminhamento  indirecto de fundos públicos   para membros do clã Eduardo dos Santos que precisam de ajuda.


Fonte: Club-k.net

Casal de  noivos  vitimas  das más línguas 

A semelhança de patrocínios que a Secretária-Geral da Presidência da Republica angolana  presta a eventos realizados pela  Semba Comunicação, (Empresa ligada a Zedu e Tchizé dos Santos), a PR tem também  em  Bento Kangamba como um dos seus  beneficiários que periodicamente recebe  doações  a pretexto de apoiar  a  equipa de futebol Kaboscorp. O valor Maximo que já recebeu terá se aproximado aos  30 milhões de dólares (Gasta em ofertas a matériais para o MPLA, ajuda  social e a jornalistas para promoção da sua imagem)


Nas insinuações/especulações que  estão  a ser feita, argumenta-se que doravante a PR  poderá reforçar as “doações” ao mesmo e por sua vez este passar  a ajudar os familiares de JES com realce a uma  suposta corrente que observa ausência de oportunidades. Ao verem que os apoios estão a ser dados por Kangamba anula-se possíveis interrogações ou acusações  visto que o Presidente do Kaboscop é visto como um homem rico. (Kangamba é na realidade o único  empresário em Angola que não tem  empreendimento/investimento  dependendo dos privilégios que goza da Presidência; passou a ter acesso ao numero de telefone privado de JES).

 

O casamento de Bento Kangamba com Avelina dos Santos esta previsto para o dia três de Fevereiro de 2011. É atribuído ao noivo o desejo de se casar na Cidade desportiva em Luanda afim de facilitar a participação dos populares em Luanda. Escolheu para seu padrinho de casamento o general Higino Carneiro, Chefe adjunto da bancada parlamentar do MPLA.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: