Lisboa – O governador provincial de Cabinda, Mawete João Baptista foi nas ultimas, 48 horas dado como desaparecido devido a um remetente  silencio a que se impôs. O dirigente, teria notificado ao   Presidente José Eduardo dos Santos de que se deslocaria para estrangeiro  por um período de 15 dias. O mesmo acabou  por triplicar o seu  tempo de permanência no estrangeiro ficando mais de  45 dias fora do país.


Fonte: Club-k.net

  Há mais de 45 dias fora do país

Entre os dias 28/29 de Setembro,  as autoridades angolanas desconheciam o seu paradeiro. Sabia-se apenas que tinha feito uma passagem pela África do Sul. Uma busca em unidades hospitalares e outros,  certificou que o mesmo não estava  também neste país. O governante acabou sendo  localizado no Brasil, onde se encontra a  receber tratamento medico.

 

Mawete João Baptista, com estreitas ligações ao presidente da Republica foi um quadro que serviu o aparelho da segurança angolana antes de ter servido a diplomacia angolana. Foi embaixador em Portugal, Italia e Congo-Kinshasa.

 

Há informações segundo a qual JES, mostra-se decidido em afasta-lo como dirigente Maximo da provincia para indicado-lo  como novo governador da província do Cunene. O seu cargo em Cabinda seria ocupado por Francisca do Espírito Santos, a governadora de Luanda.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: