Lisboa - Almir Agria, o  apresentador do  “Jovemania” da TPA,  foi suspenso do  programa em referência e de seguida  substituído por um outro jornalista  Gabriel Niva,  que passará a fazer dupla com uma nova  apresentadora,  Creusa Nhanga.  A Radio Luanda,  ao qual o mesmo  colaborava, deu também por   finda os seus préstimos.


Fonte: Club-k.net

Tem vídeo de  “todas” com quem se amigou

Há simultânea suspensão  que o jovem  observa é vista como uma medida que a TPA e RNA, adoptaram para preservar a sua  imagem que  vinha sendo mencionada ,  nos últimos dias, ao  escândalo pornográfico que envolve o jovem apresentador. O escândalo tem como fonte  um  vídeo pornográfico que esta a rolar na internet e nos telemoveis em Luanda, em que se pode ver o  apresentador junto com um amigo Rui Tavares a praticarem sexo em grupo com uma jovem em Benguela identificada por Tânia.

 

Almir Agria, que recentemente contraiu matrimonio   notabilizou-se na Radio Luanda por causa do habito que  tem em filmar,  as suas praticas  sexuais. Antes de o vídeo pornô ter rolado na internet, o mesmo teria sido advertido pelos colegas a abortar o gosto que tem em  filmar os envolvimentos com as  raparigas de quem se tem amigado  ocasionalmente.

 


Na seqüência do escândalo, Almir Agria optou por afastar-se de tudo. Mantém o telefone desligado. No último sábado (16), o mesmo não  compareceu para a gravação ao vivo, do  programa Jovemania. A equipa de produção do programa, terá feito as pressas um casting ou sondagem que culminou com a escolha de Gabriel Niva, ex- Radio Eclesia.

 


Natural de Benguela, Almir Agria trabalhou para a  Radio Morena, onde terá largado por alegadas perseguições devido a um programa em que o mesmo levantava temas como “bebedeiras, lutas  e cornos”. Em  2003, transferiu-se  para Luanda, em busca de melhor projecção profissional tendo sido admitido na Radio Ecclesia. Começou por apresentar o noticiário das 23h. Não se adaptou  e lhe foi dada a  oportunidade de apresentar o programa “Kais FM”. Teve igualmente passagem pela emissora Luanda Antena Comercial. Em 2005, foi admitido pela Radio Luanda. Esta familiarizado com  assuntos  de discotecas. Trabalhou como figura de  marketing da discoteca  Chiwawa, hoje conhecido por W-Club e outras como o Palos.

 


É lhe atribuído o perfil de pessoa “pouco  humilde”, predicado  a  que se justifica a ausência de  solidariedade para com o mesmo. Há uma corrente de contestação contra as suas praticas. Teve apenas  um único gesto de solidariedade vindo de um radialista  identificado por Jojo, afecto aos quadros da Radio Despertar, ligada a UNITA.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: