Estas serenatas vão ser realizadas no período compreendido entre as 18 e 30 e às 21 horas, como disse à Voz da América, o presidente em exercício da UNAC, Maneco Vieira Dias.

«Mais uma vez apelamos a toda a massa a estar presente e fazermos uma homenagem à dimensão daquele que foi Alberto Teta Lando, enquanto músico, compositor e naturalmente presidente da UNAC».

O presidente em exercício da UNAC, citou alguns artistas e grupos que vão participar nas serenatas para homenagear Teta Lando.

«Matias Damásio, As Gingas do Maculusso, Moisés Kafala, Conde, Duo Kanhoto, os Calibrados, Bangão, Semba Muxima, Kilandukilo, há uma vontade muito grande por parte dos artistas para participar».

Maneco Vieira Dias disse ainda que o livro de condolências está aberto na sede da UNAC desde terça-feira, por onde já passaram muitas pessoas que deixaram escritas palavras de conforto, de carinho e de apreço em relação àquilo que foi a figura de Teta Lando.

A Voz da América soube de fonte segura que os restos mortais do músico Alberto Teta Lando deverão chegar a Luanda na próxima segunda ou terça-feira, já que está a cumprir todas as formalidades que são exigidas para a sua transladação.

O velório do corpo do artista segundo as fontes contactadas deverá ser realizado no Pavilhão da Cidadela Desportiva.

Entretanto, um livro de poesia intitulado «Lágrimas de Crocodilo», do escritor angolano Fernando Kawewe, é lançado às 18H30 de hoje, no espaço da Associação Cassules do Makulusso, na Ingombota, em Luanda.

Já a Companhia Angolana de Dança «Dançarte» exibirá, sábado e domingo, a sua nova coreografia «T1», no Cine Nacional (Chá de Caxinde), em Luanda, a partir das 20h30.

A coreografia explora situações da vida quotidiana dentro de uma casa, com passos cadenciados, retrata momentos comuns e singulares da vida de cada um e de todos. O espectáculo vai contar com a coreografia das professoras de dança Mónica Anapaz e Rita Oliveira.

A companhia Dançarte tem como objectivo desenvolver a dança contemporânea como movimento artístico em Angola, seguindo uma linha de trabalho que usa sobretudo as técnicas da dança clássica.

As cópias do «single» promocional do novo CD do grupo musical O2, intitulado «La Défense», devem chegar ao país na sexta-feira, depois de terem sido editadas, esta semana, em Portugal.

O produtor garantiu estarem criadas todas as condições para o começo das vendas do disco em Luanda, ainda no decurso deste mês.

O single de «La Défense» traz cinco faixas tocadas na base melódica do zouk e kizomba que, a par do soul music, constituem os ritmos de eleição do quarteto, fundado em 1999. Antes, os mesmos integrantes faziam parte do grupo N’ Sex Love.

* AMendes
Fonte: VOA



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: