Lisboa - Eduardo Cerqueira foi recentemente demitido das funções de  director da DNIC (Direcção Nacional de Investigação Criminal) tendo de seguida sido nomeado  como novo Comandante da policia na província do Bié (Previa viajar  na manha desta  sexta feira ao Kuito para se apresentar ao comando policial).


Fonte: Club-k.net

 Transferido para o Bié

A saída de Eduardo  Cerqueira da DNIC,  foi apresada por efeito da  sua cumplicidade na operação de rapto de um cidadão português em São Tome que terá burlado o empresário Melo Xavier.  A mesma ainda não anunciada pela imprensa angolana.

 

Para preencher o seu antigo posto na  direcção da DNIC, é  apontado como o  mais serio candidato ao posto o director do Gabinete Jurídico do Comando Geral da PN, subcomissário Eugénio Pedro Alexandre. Em outras ocasiões teria sido  citado o nome do comandante provincial do Bengo da Polícia Nacional, subcomissário Albino Francisco de Abreu “Xaxá”.

 

Há de igual modo informação dando conta de pontuais mexidas ou rotação de quadros com realce a saída do comandante provincial da policia em Cabinda, António Pedro Joaquim "Kandela" que deverá seguir para a província do Namibe. O seu lugar em Cabinda deverá ser ocupado pelo subcomissário Eusébio Costa, director do Instituto nacional da policia “Osvaldo Serra Vandunem”. O Instituto terá um novo director,  o sub-comissário Gil Famoso que  deixa o Gabinete de Informação e análise do comando geral da policia.

 

Em paralelo as nomeações a serem feitas, é dada como certa o afastamento do comandante provincial de Luanda, Joaquim Ribeiro. Foi recentemente suspenso das funções que exerce. Há informação acrescentado que o mesmo já retirou todos os seus haveres do gabinete tendo sido o  único comandante do país que não esteve presente numa cerimônia de patenteamento, que tomou lugar esta sexta feira (29), no MININT.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: