Lisboa - A nomeação de novos delegados províncias  do Ministério do Interior de  Angola esta a ser marcada com o registro de  suspensões e afastamento a  nível de comandantes policias. De acordo com informação privilegiada,  o comissário Joaquim Ribeiro, foi afastado/suspenso do cargo de  comandante provincial da Polícia Nacional em Luanda e o seu lugar esta a ser interinado pelo subcomissário António Simão Leitão Ribeiro e pela subcomissária Elisabeth Ranque Franque, seus adjuntos na corporação na capital do país.


Fonte: Club-k.net

Já retirou os  haveres do seu gabinete

Na sexta feira (29), Joaquim Ribeiro  não fez-se presente  da cerimônia de promoção dos  comandantes províncias que foram nomeados e apresentados pelo Ministro Sebastião Martins. “Quim” Ribeiro terá sido visto a tirar os seus pertences do gabinete de trabalho onde funciona.


Outro responsável que  se encontra afastado é  o Comandante da Sétima Divisão da Polícia Nacional de Viana, Augusto Viana por ter alegadamente  cometido um “grande crime”, conforme o citam  internamente. Aquela  divisão policial  esta a ser dirigida pelo seu adjunto.

 

Augusto Viana esta neste cargo a  cerca de um ano. É  muito próximo de Joaquim Ribeiro de quem chegou a ser  seu chefe de gabinete no comando provincial de Luanda.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: