Lisboa  - As antigas instalações do Serviço de Migração e Estrangeiro de Angola, localizadas nas redondezas da cidade alta,  foram alvo de assaltos nos últimos tempos resultando no roubo de janelas, portas etc. São apontados como principais suspeitos militares afectos a  um estancamento  da Unidade Guarda Presidencial.


Fonte: Club-k.net
 

O SME mudou-se desde Junho passado para uma nova  instalação-sede, localizada no perímetro do Hospital Josina Machel, ao bairro Maianga em Luanda. A nova sede  construída de raiz  faz fronteira com a nova sede do Ministério da Saúde. Ambas instalações foram erguidas com fundos de  credito da China sob auspicio do Gabinete de Obras Especiais.


O edifício, de cinco andares, erguido numa extensão de sete mil 902 metros quadrados, num período de aproximadamente quatro anos, foi inaugurado pelo vice-presidente da República, Fernando da Piedade Dias dos Santos.


Além de gabinetes e outros domínios para serviços, as novas instalações estão equipadas de sistemas de detenção e combate a incêndios, de energia alternativa, assim como um reservatório de água de 160 metros cúbicos.


Um parque, actualmente para 19 viaturas, vai elevar-se para 113 estacionamentos nos próximos tempos.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: