Luanda - A empresa Nacional de Diamantes de Angola (Endiama EP), vai encerrar a sua subsidiaria encarregue pela Pesquisa e Produção, tendo em conta o não rendimento da mesma e aos prejuízos acumulados ao longo de vários anos.


Fonte: TPA



Este é um processo, que de acordo com Presidente do Conselho da Administração da Holding, não afecta em nada a Endiama EP.


Carlos Sumbula, disse que a mesma foi criada como tentativa e fazer com que a Endiama EP se lançasse na prospecção de diamantes, o que não aconteceu. “Prontos, ela falhou. Não existe nenhum problema”, disse o PCA.



Segundo o responsável, em prospecção, isto é normal. “Não devemos pensar que estamos a perder algo porque não estamos a perder nada”, sublinhou.



Carlos Sumbula garantiu no entanto que nenhum funcionário da Subsidiaria será remetido ao desemprego. Os mesmos, acrescentou, serão recolocados em outros projectos da Empresa que possivelmente arrancarão nos próximos tempos.



Dizer que o mercado angolano de diamantes reanimou-se nos últimos meses, depois da crise financeira internacional e graças a procura dos mercados emergentes, em particular da China que já se tornou no maior comprador das pedras preciosas angolanas.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: