Lisboa - Jovens do Cazenga em Luanda realizaram  uma manifestação, a 20 de janeiro,  em frente a administração do município como forma de mostrar o seu descontentamento pela ausência de energia na Zona do Tala Hady desde há 6 meses. (Há um mês atrás os mesmos teria já organizado uma outra manifestação).


Fonte: Club-k.net




images/stories/politica/mpla%20manifestacao.jpgA falta de eletricidade que se registra no bairro tem como origem a danos de uma empresa de construção civil que teria danificado vários cabos de transporte de energia. Nos contactos com a EDEL  que se dispôs a resolver o problema,  os jovens foram incumbidos de cavar um buraco para instalar uma cabine electrica tendo os moradores cavados buracões para colocação dos cabos para fornecimento as suas moradias. De acordo com constatação  até a presente data, a EDEL  não instalou as cabines que prometera.



A revolta dos jovens atingiu o seu ponto de saturação nas ultimas semanas depois de verem debalde varias iniciativas e incursões que tentaram fazer junto da administração Municipal.  Semanas atrás  uma criança morreu caída num dos buracos o que fez com que as populações reunidas decidissem endereçar várias cartas a administração. Esta por sua vez não respondeu as cartas o que levou  a juventude manifestar-se  para pressionar a resolução do problema.



Em resposta a policia interveio e prendeu 5 jovens (três rapazes e duas raparigas) que seriam mais tarde posto em Liberdade. A administração meteu-se em copas e não dialogou com os moradores, deixando à policia a tarefa de dissuadi-los a força. Em favor dos jovens teria reagido  o Bloco Democrático partido liderado por Justino Pinto de Andrade que repudiaram a agressão contra os direitos dos jovens daquele município.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: