Lunda-norte - O jornalista desportivo Cabo Dias Paulo, afecto a Rádio Lunda Norte, foi afastado na passada  terça-feira 1, de relatar os jogos do gira bola de 2011, por alegada orientação superior da direcção da empresa.


*Mbuta a Nkondi
Fonte: Club-k.net



Depois de a dois anos e meio ter sido interdito de enviar qualquer apontamento ou noticia aos estúdios centrais da Rádio Nacional de Angola, Cabo Dias Paulo foi surpreendido neste primeiro de Fevereiro, com a comunicação verbal dos editores principal e da redacção desportiva, respectivamente,  Manuel Cazamba e Clemente Babiquila de que nunca mais faria relato de jogos pela rádio Lunda Norte.



A posição  surpreende a classe jornalística da província porquanto, Cabo Dias é considerado como sendo um dos melhores  locutores desportivos da região leste do pais e o único na província da Lunda Norte, e está a ser entendida como sendo uma orientação do Comité Provincial do MPLA dada a posição que ocupa o director do órgão que é membro do comité central e secretario para a informação do comité provincial do MPLA na Lunda Norte.



O jornalista que tudo quanto se  sabe nunca reportou para a direcção geral das vicissitudes por que passa quer nos cortes como em alguns casos na  suspensão indevida de salários, sem razoes aparentes, não se mostra interessado em dar a conhecer ao conselho de administração da RNA, tão pouco aceitou falar a nossa reportagem sobre o assunto.



De recordar que Cabo Dias Paulo, quadro da Rádio Nacional de Angola desde 1997, já dirigiu este orgão por um período de seis anos e foi dele a ideia de recrutar, treinar e enquadrar 90% dos actuais jornalistas da Radio Lunda Norte e se atribui a ele a modernização tecnológica do órgão, sem que para tal tivesse qualquer intervenção da direcção da  RNA.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: