Alemanha - Hoje estamos todos felizes , por saber que mais um ditador foi forçado á abandonar o poder , mesmo depois de ter vingado , durante largas dezenas , de anos ao ter no seu bolso.


Fonte: Fernando Vumby


Um poderoso exercito e serviço secreto , servido de modelo para outras ditaduras como a angolana , que  infelizmente apesar de ser as elites mais bem preparadas ás custas do  povo , foram e são sempre , os lambe botas do tirano.

 

Não há democracia ,  justiça , moral e nem ética , onde a força está do lado , e na defesa da tirania . E aliás , Eduardo dos Santos é uma indecência , que nem se quer , foi eleito uma única vez , pelo povo.

 

E só está no poder , porque além de comprar a consciência , conseguiu corromper a maioria dos generais , que são o seu garante de permanecia no poder , até um dia darem conta , que estão do lado falso.

 

Depois de Mubarak , estamos cada vez mais certos de que não apenas Eduardo dos Santos , assim  como outros tiranos , também têm seus dias contados , e acabarão por seguir o mesmo caminho.

 

Pois este é o destino de tiranos , que não aceitam as opiniões alheias , nem tão menos de seus aliados , ao ponto de acabarem de forma tão humilhada , perseguidos , e sem as glorias que pensavam ter , com a riqueza acumulada de forma corrupta.

 

Acredito que Eduardo dos Santos já deve estar a fazer contas á vida , para evitar o pior , que pode acontecer mais tarde ou mais cedo ,  se é que tem sabido tirar ilações desses  tumultos.

Deve deixar de arranjar bodes expiatórios , sempre que alguém discorde com ele , ou para se defender dos desmandos , incompetência ou falta de sucesso na sua forma de governar Angola.

 

Ficou provado que os tiranos são todos iguais , quando Mubarak procurou conquistar apoio e simpatia internacional ,  para se manter no poder , nos seus últimos suspiros , também andou a procurar bodes expiatórios.

 

Chegando a acusar países estrangeiros , de envolvimento  nos tumultos e de estarem por detrás das manifestações.


Ainda bem que desta vez a opinião publica internacional , respondeu contrária , ás mentiras e demagogias do tirano deposto.


É curioso , a forma como o mundo festejou a queda do ditador  e se solidarizou com os manifestantes , que felizmente acabaram por se ver livre do tirano.

 

Eu particularmente , festejei de forma muito especial , por ser amigo e sentir-me  orgulhoso , em por poder trabalhar online , com alguns dos mais  famosos blogueiros daquele país.

 

Aqueles que choraram ao ver mais uma amigo de longa ( data  tiranica  ) partir , que me desculpem , não encontro palavras para descrever o meu estado emocional neste momento.


Mas um conselho , tenho aqui : --  Deixem lá dessas alianças doentia , com regimes corruptos e ditatoriais , que ainda existem neste mundo.


É tempo de repensarem as vossas estratégias , porque nunca é tarde para se corrigir o que estiver errado.

 

Acredito , que Eduardo dos Santos já esteja mesmo , a fazer planos , e que não nos venha cá dizer , que não é tirano , porque admite eleições ou permite que eu e outros , o tratemos por criminoso ou assassino.

 

Vai sim chegar o dia , disto ninguém tenha duvidas , até porque este estilo de governação , não é sustentável. Vemos cada mais , até mesmo tiranos ,mudarem seu estilo de governação , para evitarem o pior , que  eles sabem , pode acontecer , quando menos esperam.


Uma das coisas mais triste é saber que Eduardo dos Santos , não tem qualquer compromisso com o governo angolano , e lidar de forma sensata com as necessidades deste país.

 

Eduardo dos Santos deve abandonar o poder o mais rápido possível , para evitar com que mais angolanos sejam mortos , quer seja pelas forças armadas , polícia ou pelo seu serviço secreto  tão poderoso , como as do Mabarak , que de nada lhe valeu.

 

Ele não poder continuar no poder , apenas porque pretende buscar glorias e satisfação de seu  próprio ego ,  e de sua família.

Eduardo dos Santos foi o único , que teve uma lágrima no canto do olho , ao ver MubaraK  partir.Desta vez não teve tempo de para socorrer , seu ídolo e aliado de largos anos de tirania.

 

Olha que os angolanos , também podem fazer como no Egipto ,onde ninguém teve medo de morrer , pela sua pátria , ao gritarem -- Fora com o tirano e o seu regime -- mesmo apesar da presença do poderoso exercito e de um serviço secreto que tem servido de modelo para o senhor.


Para eles não foi  preciso , alguém lhes mostrar o caminho , nem políticos , padres , partidos , sobas e se calhar nem Deus .Mas verdade é que , eles hoje , são um povo feliz , por se sentirem livres do tirano e encontrarem um mundo , que neste momento lhes estende os braços e se solidariza completamente com a sua causa justa.


 
Aliás , denúncias divulgadas desde que Eduardo dos Santos está no poder , revelaram que assassinatos a sangue frio , prisões arbitrárias e outras práticas desumanas , é prática habitual por quase todo país.

 

As primeiras estimativas da quantidade de vítimas só foram feitas no ano de 2007 , entre torturados nas cadeias , mortes encomendadas , envenenamento de discordantes e outras mortes estranhas.

 

E já se falava em mais de 2864 e acredita-se que , não existe no país , a maior  vala comum  como muitos pensavam , porque vários corpos são geralmente , desfeitos ou atirados ao mar para não deixar rastos.

 

Assim também aconteceu com os vários corpos , dos assassinados , nos tumultos do dia 27 de Maio de 1977 antes , e depois de  Eduardo dos Santos assumir o poder.

 

Estudos posteriores indicaram que provavelmente nunca será conhecido o total exacto de pessoas mortos pelos serviços secretos angolanos , principalmente  por questões politicas.

 

Aproveito em jeito de recordar , alguns  tiranos que já não fazem parte do mundo dos vivos :( SHUART -- INDONÉSIA ) - ( SADDAM HUSSEIN - IRAK ) (  ALFREDO STROESSNER -  PARAGUAY  ) ( JEAN BEDEL BOKASSA - CENTRAL AFRICA )

( SOLBODAN MILOSEVIC - JUGUSLAVIA )-- ( AUGUSTO JOSÉ PINONCHET - CHILE ) ( MARCOS PEREZ JIMÉNEZ - VENEZUELA )-- ( IDI AMIN DADA - UGANDA ) ( SALAZAR -PORTUGAL ) -- ( MOBUTU - ZAIRE )-- ( OMAR BONGO -  GABÃO )


Fernando Vumby



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: