Luanda - O Secretário – geral do MPLA, alertou aos angolanos, quanto a não confundir o que se passa nos países da África do Magreb, com a realidade de Angola.


Fonte: RNA

"A que se ter cuidado para ninguém confundir as coisas"

Falando à RNA, Julião Mateus Paulo Dino Matross, referiu que o povo angolano já sofreu uma guerra que durou cerca de 30 anos, a ainda os 14 anos de luta para a libertação do jugo colonial.


“Sabemos o que é que aconteceu, perdemos vidas, muitas Infra – estruturas foram destruídas quase que não havia empregos para as pessoas e as famílias estavam desavindas”, realçou, a Reportagem da RNA.


Neste momento em que estamos a trabalhar para a estabilidade do país, acrescentou, a que se ter cuidado para ninguém confundir as coisas.


Dino Matross, alertou que, nestas circunstâncias podem ser tomadas medidas sérias, porque o poder não pode estar nas Ruas.


“Nós temos uma nova Constituição, e temos Leis, e é com base na Nova Constituição e nas Leis que temos no país que vamos agir”, aclarou.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: